29 de jul de 2010

E assim tudo começou - Carnaval 2004

OS ÍNDIOS



Os índios eram os donos da terra, livres, percorriam os rios e florestas de onde tiravam o sustento para o seu povo, cultuavam e festejavam seus mitos; os Deuses da força da natureza e seus antepassados comandados pelos Caciques Tiburiça e Caiubi. Em época das festas, se dirigiam para a nascente do Rio Anhangabaú, local sagrado, onde cantavam e dançavam agradecendo a vida, a fartura e o bom tempo.



Conta a história que existiam várias trilhas formadas por eles e que uma delas passava pela Consolação e depois de atravessar um morro de granito coberto de florestas, desciam até o Rio Pinheiros e iam até Cuzco no Peru em busca de prata



PORTUGUESES, RENEGADOS E JESUÍTAS



Desembarcavam no litoral, chegavam ao Brasil depois do descobrimento em busca da riqueza sonhada e prometida, pobres em sua terra, muitos renegados que eram libertados da prisão para vir povoar a nova terra. Com eles chegavam também os Jesuítas em busca de almas para salvar em nome de Deus.



Do litoral partiram os portugueses pobres, os renegados e os jesuítas para o interior, desbravaram a Serra do Mar e chegaram em um lugar que consideraram paradisíaco; eram florestas cortadas por vários rios, com alguns relevos montanhosos baixos.



Padre Manoel da Nóbrega pensa em criar colégio religioso e para isto era necessário negociar com os donos da terra, os índios. Depois de conseguir convencê-los consegue autorização dos Caciques Tibiriçá e Caiubi e funda o Colégio Jesuíta, e foi em torno deste Colégio que começou a surgir a Cidade de São Paulo, ex São Paulo de Piratininga.



COMPOSITORES: Robertinho da Tijuca/ Bahia/ Wagner do Cavaco



Sou Pé Grande e tô aí (eu tô, eu tô)

A cidade vai se encantar

Meu canto vai explodir

Deixando um rastro de alegria pelo ar



O índio era o dono dessa terra

Quando o homem branco aqui chegou

Em busca de riqueza, encantou-se com a beleza

Foi assim que tudo começou

(Lalaiá!)

Com um certo bandeirante

Jesuíta trouxe a religião

De um colégio e uma igreja

Minha São Paulo viu a sua fundação



Rio Anhangabaú (oh, oh, oh)

Cantava, dançava o índio em louvor

Preservando a obra do criador.


Nenhum comentário: